quarta-feira, dezembro 28, 2011

Workshop em Benfica


Na sequência da exposição de diários gráficos que está em Benfica, surge agora a possibilidade de realização de um workshop de iniciação aos diários gráficos.

No dia 3 de Fevereiro, a partir das 15h00, direccionado apenas para estudantes do secundário. Podem ser alunos de Artes Visuais ou de outra área.

No dia 4 de Fevereiro, logo a partir das 10h00, um workshop maior, dirigido a todas as pessoas que gostariam de iniciar um diário gráfico e não sabem como. São bem vindos também todos os que já o usam, mas querem trabalhar diferentes técnicas.

Podem inscrever-se, pedir o programa completo do workshop, assim como alguns esclarecimentos através deste email: info@postcoop.org ou deste link.

terça-feira, dezembro 27, 2011

Diário Gráfico: Portugal

No Largo da Graça, em Évora, as possibilidades de escolha do que havia para desenhar eram muitas, mas nem sempre se tomam as melhores opções.
Acho que foi o caso...

segunda-feira, dezembro 26, 2011

Diário Gráfico: Portugal

Nem tudo o que parece é.
Não parece, mas este desenho é de Évora. É de uma pequena praça escondida, mas existe.
Nem tudo o que parece é.
Espero que 2012 também não seja o que todos dizem que vai ser.

domingo, dezembro 25, 2011

Diário Gráfico: Portugal

Gosto da ideia de templo. Sobretudo porque me faz lembrar a palavra tempo. Aquele "éle" faz toda a diferença...
Ter tempo pode predispor-nos para a ideia de templo, sem olhar para os ponteiros do relógio, confiando no que vem a seguir.
O templo pode ser esse local onde nos encontramos fora do que não queremos que nos incomode. O templo e o tempo são amigos fiéis. Acredito que são nossos também. E do desenho, como não podia deixar de ser...

Bom dia 25 de Dezembro! Celebração maior do "Sol invicto" para os ateus e o nascimento de Jesus para os cristãos.
Confesso que não percebo o que andamos a celebrar. Será que para existe outra festa neste dia?

sexta-feira, dezembro 23, 2011

Diário Gráfico: Portugal

Há umas semanas, num workshop com professores de artes visuais.

Aqui ficou a Rita Torrão, primeiro aguarelada de forma despreocupada, depois, desenhada com linha preta sem olhar para o papel. Os dois métodos, sobrepostos, funcionam, o que prova que dois desenhos ruinosos, juntos, podem surpreender-nos!

Eles eram 7, mas só consegui desenhar 3. Os outros 4 ficam para mais tarde. Haverão novas oportunidades, de certeza!

terça-feira, dezembro 20, 2011

Diário Gráfico: Portugal

O Bairro Alto está cheio de subidas e descidas e não foi nada fácil escolher o que desenhar.
As fitas das festas populares ainda lá estão penduradas e acho que foi por isso que me sentei ali. Quando olho agora para o desenho e penso nesta época natalícia que estamos a viver, dou por mim a levantar questões:

Que fita é que permanece depois do dia 25?
Será que nos damos conta de que festa é esta?
Estou a montar fitas para que saibam que estou em festa?
Que lados quero juntar ao prender a minha fita colorida?

Esta época de Advento, para mim, é olhar para a vida com novos olhos, dando uma nova oportunidade a tudo e a todos. Mesmo!
É este o melhor presente que podemos dar e receber...

O resto é só tralha que designers (como eu) trataram de meter no mundo!

segunda-feira, dezembro 19, 2011

Diário Gráfico: Portugal

A Ketta.

Sempre que pode encosta e dorme um pouco. E faz bem. Dormir dá saúde.
Sempre que não durmo o suficiente, pergunto-me: "estou a perder horas de sono e saúde por coisas que valham a pena?". Sempre que a resposta é não, decido deixar essas coisas por fazer. Ficam para mais tarde, mesmo que isso tenha custos.
O que não podemos deixar para mais tarde é que vale a pena. É isso que não nos pode escapar. Mesmo que nos custe horas de sono, preocupações, ralações. Se vale a pena, então mergulhamos de cabeça e esperamos que a vida nos premeie.

Tem sido assim com a Ketta. Mergulhamos de cabeça no que acreditamos e a vida tem sido muito generosa connosco...

quarta-feira, dezembro 14, 2011

Diário Gráfico: Portugal


Dia 15 de Dezembro, às 21h00, inaugura a exposição Diários Gráficos em Benfica, viajar pelo bairro com um caderno. É na antiga Fábrica Simões de Benfica e este é um dos desenhos que está no catálogo. Na inauguração estarão a um preço especial. É a não perder!

domingo, dezembro 11, 2011

Diário Gráfico: Portugal

Durante a organização do 2º Simpósio Internacional dos Urban Sketchers, a Praça do Município era uma das eleitas para receber um dos workshops.
Relegada, por razões várias, ficou ali, sem receber as visitas de quase nenhum desenhador e, por isso mesmo, não consta no livro Urban sketchers em Lisboa, desenhando a cidade, que terá lançamento oficial amanhã, dia 12 de Dezembro, na capela da Faculdade de Belas-Artes, pelas 18h00.
De qualquer modo, a Praça do Município é excelente para um desenho pedagógico sobre perspectiva arquitectónica e ainda permite liberdade de interpretação de alguns elementos. Já a tinha desenhado uma vez e tive vontade de conciliar as linhas certas dos edifícios com a liberdade das esculturas.

Engraçado como é assim também nas relações. Um tem de equilibrar o outro. A diferença vive muito bem perto uma da outra...

sábado, dezembro 10, 2011

Diário Gráfico: Portugal

As escadas indicam sempre um esforço. Há que querer subi-las. Podemos, às vezes, não ter alternativas, mas o esforço compensa sempre. Lá em cima há uma nova visão, mais alta, mais abrangente...

Não sei onde ia dar esta Calçada da Senhora do Monte, em Santiago do Cacém, mas o seu lado misterioso não podia deixar de estar no meu caderno. Olhei para lá e não havia como não desenhar este pequeno recanto...

sábado, dezembro 03, 2011

Retiro de diários gráficos: Roma


Roma - 29, 30 e 31 de Março, 1 e 2 de Abril de 2012

Depois do retiro em Vila Viçosa, o tema do Espiritual no Desenho foi amadurecendo e, à medida em que ia sendo partilhado, cada vez mais pessoas me pediam para realizar um novo.
Pois como gosto de desafios altos e entusiasmantes, eis que anuncio o 2º retiro de diários gráficos, com o mesmo tema principal, mas sub-temas diferentes.

A oportunidade de ir a Roma surgiu e não tinha como recusar. O preço inclui todas as despesas (viagem, estadia, alimentação e formação), partindo numa 5ª feira (dia 29 de Março) e regressando na 2ª feira seguinte (2 de Abril), no fim-de-semana antes da Páscoa. Para inscrições a partir de 2012, vou precisar de confirmar se os preços se mantêm.

Não há muitas vagas, pelo que se o tema vos interessar e quiserem passar 4 dias a desenhar Roma em espírito de retiro, inscrevam-se o quanto antes.

Está ainda em cima da mesa a possibilidade de termos um convidado muito especial durante o retiro, mas, assim que se confirmar, anuncio aqui.

ESGOTADO

sexta-feira, dezembro 02, 2011

Diário Gráfico: França


O imprevisto, às vezes, tem de ser provocado...

No caderno, tudo funciona como queremos. Até os erros.
É o nosso território. O local onde podemos experimentar tudo. E erros não são nada difíceis de fazer...

A verdadeira dificuldade está em vermos beleza no erro do acaso, na incerteza da linha ou da mancha, nas tonalidades mais claras ou escuras do pigmento que foi até onde a água o deixou levar...
De um modo geral, insistimos em não ver beleza alguma nos vários erros que fazemos. Contudo, se o nosso olhar mudar, então podemos provocar a incerteza, fazer com que aconteça, que se torne real, sem medos ou complexos. Apenas porque sabemos que dali, daquele momento inútil, pode nascer a verdadeira beleza...

É assim no desenho...
Mas quero acreditar que também é assim na vida...